Portal do Governo Brasileiro
English(UK)PortuguêsSpanish(ES)
Facebook

Aconteceu na última sexta-feira, 29 de julho, o encerramento do primeiro International Summer Programme da Universidade Federal de Ouro Preto.
 
A primeira edição do programa, pioneiro no Brasil e organizado pela Coordenadoria de Assuntos Internacionais (CAINT), teve duração de três semanas, de 11 a 29 de julho. Com o objetivo de introduzir os participantes à cultura, língua, dança e músicas típicas do Brasil, o Summer UFOP, como ficou conhecido, contou com a participação de alunos de 5 países diferentes.
 
Durante a programação, os inscritos participaram de aulas de Português para Estrangeiros, Introdução aos Museus de Ouro Preto, Cultura Brasileira, Culinária, Música e Dança que possibilitaram a imersão dos participantes em uma experiência coletiva de integração entre a comunidade da UFOP e o público estrangeiro.
 
Além das aulas diárias, o programa ofereceu vários roteiros culturais em sua grade de atividades. Entre os lugares visitados estão, o Instituto Inhotim, o maior museu de arte a céu aberto das Américas; o Centro de Treinamento da Cachaçarias Nobres; o Conjunto Arquitetônico da Pampulha, recentemente declarada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade; a cidade de Mariana, passeio feito à bordo do Trem da Vale; e ainda a realização da Trilha da Matemática pelas ladeiras de Ouro Preto e visitas a museus e sítios arqueológicos da região.
 
O Summer UFOP foi encerrado com a Brazilian Party, realizada no Clube XV de Novembro, que proporcionou um ambiente descontraído e alegre para celebrar o sucesso do programa e despedir dos participantes que conquistaram todos os envolvidos no programa. Entre as atrações que movimentaram a noite, estavam o aulão de aerodance e apresentações da banda Sertão de Minas, Escola de dança Passo Básico e Grupo Rosários.
 
O resultado não poderia ter sido melhor. Para o Prof. Carlos Magno de Souza Paiva, Coordenador da CAINT, o programa superou todas as expectativas e por ser uma iniciativa pioneira no país, o aprendizado sobre como recepcionar, academicamente e logisticamente, estrangeiros interessados em aprender mais sobre nossa cultura e língua foi enorme. Para as próximas edições o objetivo será oferecer cursos próprios da vocação científica da UFOP nas áreas de engenharia, ciências da vida, exatas, humanidades, artes e sociais aplicadas. O Prof. Carlos Magno enfatiza ainda que tudo isso só foi possível com a soma de esforços empreendida pelos Professores do Summer, Reitoria, PROPLAD, PRACE, ACI, Restaurante Universitário, Escola de Minas, EDTM, ENUT, IFAC, EMED, CEDUFOP, Divisão de Transportes, GECOM, SISBIN, FEOP, COMPLETUR e as equipes CAINT e NUCLI.
 

Assine nossa Newsletter

Assine nossa Newsletter e receba informações sobre Mobilidade e Editais de Bolsas.

 

Ciência sem Fronteiras

Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional.

Depoimentos

Ana Cristina Gonzaga Miranda

Curso: Engenharia Civil
Universidade de Destino: Universitat Bielefeld - Alemanha